Podemos construir um mundo melhor, isso só depende de cada um de nós.


Com Senado vazio, garçon faz dublê de parlamentar para não deixar senador falando sozinho

De garçom do plenário do Senado a dublê de senador por meia hora. Atendendo ao pedido do senador João Costa (PPL-TO), feito por meio de um bilhetinho, o garçom Jonhson Alves Moreira abandonou seus afazeres na copa e fez uma ponta de senador, para que o parlamentar não discursasse para o plenário vazio.

 

Como presidente da sessão, já que não tinha nenhum parlamentar para ocupar a cadeira enquanto estivesse na tribuna, o senador do Partido da Pátria Livre (PPL) fez um longo discurso, de 14 páginas, uma reflexão sobre aborto e “direitos do nascituro à luz do sistema do direito romano atual e do ordenamento jurídico brasileiro”.

 

Com a TV Senado focada somente em sua imagem, o empolgado João Costa encenou para uma plateia inexistente e gesticulou para o “senador fake”, que retribuía com gestos aprovativos de cabeça.

 

“Senhor presidente, senhores senadores, senhoras senadoras, senhores e senhoras presentes, e aqueles que acompanham esta sessão pela rádio e TV Senado”, iniciou João Costa. Mas o presidente era ele mesmo e, no plenário, só o garçom plantado estrategicamente à sua frente.

 

Perto da tribuna, conversando com os jornalistas, o senador Delcídio Amaral (PT-MS) estranhou a cena. “Mas ele não tinha que me chamar para ficar na presidência enquanto discursava na tribuna?”.

 

Com taquígrafos a postos, o garçom senador virou motivo de piadinhas dos seguranças, que tiraram fotos e brincavam sugerindo que Jonhson Moreira fizesse um aparte. Outros pediam que os outros garçons servissem a ele um cafezinho.

 

Fonte: PEC-300


Comente:

Nenhum comentário foi encontrado.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!