Podemos construir um mundo melhor, isso só depende de cada um de nós.


Projeto Pai Legal estimula o reconhecimento voluntário de paternidade

Projeto Pai Legal estimula o reconhecimento voluntário de paternidade

04/07/2013

  

A Central de Mediação e Conciliação, por meio do Projeto “Pai Legal”, sob a coordenação da Juíza Stella Simonne Ramos, estimula o reconhecimento voluntário de paternidade. O projeto objetiva aproximar a criança e o adolescente de seus pais e conscientizar os cidadãos que ainda não registraram seus filhos para que os reconheçam de forma espontânea.

alt 

alt

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Projeto visa atender aos pais que, por alguma razão, deixaram de reconhecer a paternidade de seus filhos por ocasião do nascimento. O objetivo é estimular e disseminar a cultura da conciliação, evitando assim, eventuais conflitos dentro do Judiciário. 

 

Para o Presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Luiz Carlos, a conciliação minimiza as estatísticas que comprometam consideravelmente na formação psicológica de crianças e adolescentes. “O reconhecimento, ainda que tardio, evita que os filhos cresçam com traumas e passem por constrangimentos pela ausência do nome dos pais em seus registros de nascimento, principalmente, por ocasião de eventos cívicos e festividades escolares, quando são nominados”, enfatiza.

 

altOs interessados podem procurar o posto de atendimento do Projeto "Pai Legal" localizado no Fórum Desembargador Leal de Mira. É necessário apresentar os seguintes documentos: certidão de nascimento do (a) filho (a) a ser reconhecido (original e cópia); documento pessoal do pai (CI, CPF, Certidão de Nascimento, comprovante de Residência) original e cópia. Mais informações através dos telefones: 3312- 4564

 

Fotos: Adson Rodrigues

 

 

 

 

Fonte: Tribunal de Justiça do Amapá


Comente:

Nenhum comentário foi encontrado.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!