Podemos construir um mundo melhor, isso só depende de cada um de nós.


O que desenham de você nem sempre é o retrato da realidade

O que desenham de você nem sempre é o retrato da realidade

 

Quem de nós não definiu outra pessoa pontuando características e outras questões que sequer conhecemos mais profundamente desse ou dessa que estamos definindo? Pois muitas das vezes não temos nem uma relação social com aquele ou aquela que estamos desenhando. Podemos incorrer em graves erros ao desenhar alguém de maneira equivocada. Temos um grande talento para cometermos isso, para criar pré-conceitos e fazer julgamentos comportamentais totalmente distorcidos, errôneos.

 

O que vale para os outros, no que tange a definir, desenhar equivocadamente alguém, vale para cada um de nós. Nem sempre o desenho feito de você, é você. Por vezes o artista que o desenha comete muitos erros, mesmo assim o desenha. Algumas questões que devemos considerar ao analisar alguém: o que ela ou ele pensa sobre as coisas dessa vida, principalmente sobre os temas mais relevantes a sociedade, como age essa pessoa em suas relações sociais, o fator família, principios, valores éticos e morais, participação e formação política, interação social, o pensar sobre as religiões, o respeito as diferenças, o respeito a vida, o amor ao próximo, isso tudo devemos observar ao criar o desenho de alguém.

 

Mesmo assim, observando todas as questões supracitadas, podemos errar em nosso desenho, pois estaremos fazendo isso com o nosso pensar subjetivo e objetivo, e é algo que dependendo do que sentimos pelo desenhado ou desenhada, terá grande influência no todo até o trabalho final. Poderemos estar vendo um lindo mar calmo e receptivo, contudo, podemos estar desenhando um mar agressivo e nada atrativo a utilização.

 

Ao construir equivocos, desenhar propositalmente alguém de uma forma contrária, aversa ao que realmente essa é, podemos estar destruindo esse ser ou levando danos a vida dessa pessoa que nem o tempo poderá corrigir. Cautela, prudência, uso da razão e a busca mais aprofundada das verdades de uma pessoa, podem evitar desenhos que não condizem com a realidade. Não sejam artistas do mal.

 

 

Alex João Costa Gomes - Bacharel e Licenciado em História; Policial Militar e ex-Diretor-Presidente do DETRAN-AP


Comente:

Nenhum comentário foi encontrado.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!