Podemos construir um mundo melhor, isso só depende de cada um de nós.


Comando do 6º Batalhão da Polícia Militar muda de endereço

Corpo de Bombeiros e Prefeitura de Macapá expediram laudo técnico sobre condições do quartel do 6º Batalhão de Polícia Militar

Agência Amapá

A falta de condições estruturais do prédio onde funcionava o 6º Batalhão da Polícia Militar, no bairro Perpétuo Socorro, motivou a mudança de endereço da corporação para a Avenida FAB, no bairro Santa Rita.

 

A Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e o comando da instituição decidiram pela transferência do local das atividades operacionais e administrativas como forma de garantir aos servidores melhores condições de trabalho.

 

O titular da Sejusp, Marcos Roberto Marques, diz que já constava no planejamento do governo construir uma Unidade de Policiamento Comunitário (UPC) no local, bem como aproveitar o imóvel onde antes funcionava a sede da polícia interativa.

 

Prédio do 6º Batalhão no bairro Perpétuo Socorro foi desativado por falta de segurança na estruturaO subcomandante do 6º BPM, major Claudio Braga, explica que quando ficou acertada a transferência do quartel, lideranças comunitárias dos bairros Cidade Nova e Perpétuo Socorro foram convidadas para uma reunião, onde foram esclarecidos os motivos e apresentados laudos técnicos periciais do Corpo de Bombeiros e da Prefeitura Municipal de Macapá sobre a falta de condições habitacionais do local.

 

Este evento foi registrado com fotografias e contou com ata de reunião contendo as assinaturas de todos aqueles que participaram. "O policiamento feito por nosso batalhão vai continuar em toda zona Oeste de Macapá, que compreende mais de trinta bairros, e na área central, que são de responsabilidade do 6º BPM. Apenas estamos saindo daquele lugar por falta de condições de trabalho e segurança dos próprios militares", enfatiza Braga.

 

 

Novo prédio do 6º Batalhão está localizado na Avenida FAB no bairro Santa RitaPor outro lado, o novo endereço é de fácil acesso tanto para viaturas assim como para quem procura ajuda da polícia, pois está na Avenida FAB, entre as Ruas Manoel Eudoxio Pereira e Hildemar Maia, no bairro Santa Rita.

Um novo encontro com os moradores do Perpétuo Socorro está marcado para tratar do assunto, onde devem participar promotores do Ministério Público Estadual, comunidade, PM e demais entidades envolvidas.

 

 

 

José Maria Silva/Secom


Comente:

Nenhum comentário foi encontrado.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!