Podemos construir um mundo melhor, isso só depende de cada um de nós.


TEMPO PARA REFLEXÃO

TEMPO PARA REFLEXÃO

 

Depois de duas semanas de muitas discussões e poucas realizações, o começo desta pode ser também, o início de um período diferente onde o entendimento prevaleça e que as prioridades sejam dadas ao que interessa à população – a realização dos serviços públicos.

 

Até agora os macapaenses assistiram uma discussão sem sentido, que mais parecia uma tentativa de ganhar tempo do que a defesa de teses de interesse público ou mesmo de interesse não tão públicos assim.

 

Argumentos, os mais diversos, acabaram alimentando o imaginário popular e a criatividade daqueles que sempre estão buscando a melhor forma de agradar o chefe.

 

Os atacantes e defensores alinharam-se. Alguns indecisos definiram-se. Foram ao vestiário e de lá voltaram com a camisa do jogo, dispostos a defender o que imaginavam ser o ponto de vista dos seus respectivos comandantes.

 

Esse ambiente, a bem da verdade, não contribuiu com nada e ainda deu elementos para que os adversários comuns instigassem todos ao confronto para que, combalidos pelo embate, pudessem ser vencidos por aqueles que, na espreita, aguardam a oportunidade para avançar e ocupar espaços.

 

Enquanto isso a cidade e a população, que devem ser o foco de tudo e de todos, estavam mantidos prisioneiros dos problemas que precisavam – e precisam –, que sejam resolvidos rapidamente, para que da normalidade se aproxime e, daqui a pouco, se tenha de volta a confiança que foi perdida nesse período de embate por ataques e contrataques de palavras.

 

O sábado e o domingo, apesar da incompreensão de alguns que insistiram nas estratégias que se amofinaram ao longo da semana, serviram para reflexão daqueles que têm a responsabilidade atual de ser paciente, insistente, perseverante e objetivo, nas tomadas de decisão; além de compreensivo com aqueles que têm dificuldades para se colocar como agente ativo do processo administrativo.

 

Se todos os que assumiram a responsabilidade de trabalhar pela população compreenderem o momento, as chances de todos passarem essa onda de dificuldades atuais e ainda sentir-se satisfeito – continuam possíveis.

 

Por Josiel Alcolumbre


Comente:

Nenhum comentário foi encontrado.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!