Podemos construir um mundo melhor, isso só depende de cada um de nós.


POLÍCIA CIVIL DE FERREIRA GOMES INDICIA 17 PESSOAS PELA PRÁTICA DE VANDALISMO E DANOS AO PATRIMÔNIO ALHEIO

 

Dezessete funcionários da Empresa ALUSA que trabalha na construção da Hidroelétrica de Ferreira Gomes, foram indiciados nesta segunda-feira na delegacia de policia daquele município, sob o comando do delegado Júlio César. Eles são acusados de liderarem um grupo de trabalhadores que na noite de domingo (3), incendiaram quatro alojamentos, com 17 apartamentos instalados, como moradia dos referidos trabalhadores, atitude essa tomada em represália contra um vigilante da referida empresa, que repreendeu um dos trabalhadores que quebrou um prato no refeitório na hora da janta. Motivo que desencadeou uma revolta nos demais trabalhadores, que praticaram um verdadeiro ato de vandalismo no canteiro de Empresa, inclusive chegaram a fechar com barricadas a rodovia que dá acesso ao Distrito do Paredão.
Até uma Guarnição do BOPE aqui de Macapá teve que reforçar o policiamento em Ferreira Gomes.
 
Os indiciados são:
1-BRUNO SOARES LIMA;
2-ANTONIO FRANCISCO PEREIRA DA SILVA;
3-MALSERIO LIMA DA SILVA;
4-ORIVAN NUNES PACHECO
5-ARLESSON BRITO DOS SANTOS;
6-PAULO RICARDO SANTOS LIMA;
7-RULIENS DA CONCEIÇÃO;
8-DOMINGOS DA SILVA MORAIS;
9-KLEBERSON ALBERTO ASSUNÇÃO PEREIRA
10-ANTONIO FRANCISCO ALVES FEITOSA;
11-UDERISSON LUIZ SILVA DA SILVA;
12-MAILSON DE SOUZA OLIVEIRA;
13-JEFERSON ADRIANO LIMA VASCONCELOS;
14-GLEIDSON COSTA CORREA;
15-WELLIGTON LOBATO DOS SANTOS;
16-ELINALDO SOUZA FERREIRA;
17-EDMAR SOUZA NASCIMENTO.
 
A juíza Micheli Farias decretou a prisão preventiva dos dezessete.
 
 
Fonte: João Bolero Neto

Comente:

Nenhum comentário foi encontrado.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!