Podemos construir um mundo melhor, isso só depende de cada um de nós.


O TIME ESTÁ FORMADO

O TIME ESTÁ FORMADO

 

Logo mais, depois da posse dos dirigentes do Ministério Público do Estado do Amapá, poderemos dizer que estará completa a equipe do máximo comando desta unidade da Federação, para trabalhar durante os próximos dois anos.

 

Governo do Estado, Assembléia Legislativa, Tribunal de Contas e Ministério Público são as instituições estaduais que detêm as atribuições de executar as políticas públicas capazes de melhorar a qualidade de vida da população.

 

Não adianta imaginar que a população estará satisfeita se um desses órgãos não estiver cumprindo as suas atribuições conforme esperam que sejam cumpridas, afinal de contas, não sabem do esforço que precisou ser feito para dar as condições para o funcionamento de cada um deles, pagando os seus impostos e esperando que sejam justos na cobrança e leais na aplicação.

 

Cada um daqueles que trabalham, em cada um desses órgãos, têm a delegação do povo para fazer bem feito o que precisa ser feito; para gastar os recursos públicos que estão nos orçamentos, conforme está definido nas regras, sem se valer de qualquer artifício para privilegiar quem quer que seja, ou o que quer que seja.

 

Todos os comandos desses quatro organismos têm a responsabilidade, também, de transmitir confiança e a sensação de justiça, todas as vezes que se manifestarem, sem que seja preciso qualquer retoque ou qualquer ajuste.

 

Todos esperam que as conquistas sejam de todos e que os resultados sejam conforme o possível, sem surpresas e sem a necessidade de meios que não sejam aqueles conhecidos pela população.

 

A partir de hoje a equipe está completa: Camilo Capiberibe, no comando do Governo; desembargador Luiz Carlos, no comando do Tribunal de Justiça; deputado estadual Júnior Favacho, no comando da Assembléia Legislativa; promotora Ivana Cei, no comando do Ministério Público; e a conselheira Maria Elizabeth Picanço, no comando do Tribunal de Contas.

 

Uma equipe que teve a sua competência testada e, também por isso, indicada pelos seus principais auxiliares, para não só comandar a Unidade, mas, também, participar de forma direta, da administração pública do Estado do Amapá.

 

São técnicos e políticos reconhecidos pela capacidade gerencial de cada qual e que têm a oportunidade de formar a equipe que o povo do Amapá quer ver trabalhando para tornar realidade os seus sonhos.

 

Sonhos que vêm sendo sonhados - faz algum tempo -, mas que, agora, ao que parece, tem as necessárias condições de se tornar realidade.

 

O time está pronto, as regras são conhecidas, basta trabalhar considerando os interesses da população, que tudo dará certo.

 

Por Josiel Alcolumbre


Comente:



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!