Podemos construir um mundo melhor, isso só depende de cada um de nós.


Mazagão Velho ficando mais velho

Mazagão Velho ficando mais velho

 

Fundada em 23 de janeiro de 1770 as margens do rio Mutuacá no Estado do Amapá, isso durante o período colonial ainda como parte da política do Marquês de Pombal de transferência dos moradores da Mazagão Africana (Marrocos), desativando um dos últimos baluartes da cavalaria medieval, isso para povoar a região que pertencia ao Estado do Grão Pará, hoje parte integrante do Amapá, com essa medida adotada 340 famílias foram trazidas para Belém, dessas, 163 foram levadas para a Mazagão Amazônica, outras resolveram se instalar em Belém e em Macapá. Com os objetivos de criar uma nova Mazagão em terras Tucujus, povoar a região, fornecer mão de obra para o trabalho de construção da Fortaleza de São José de Macapá e criar um pólo agrícola com plantação de arroz e algodão para abastecer as Vilas do Grão Pará, assim nasceu o que hoje conhecemos como a Vila de Mazagão Velho.

 

 

Em Mazagão Velho temos a tradicional Festa de São Tiago que ocorre no mês de julho e relembra os confrontos entre Mouros e Cristãos, é a maior representação cultural do Amapá sem sombra de duvidas. Isso aqui é um pouquinho do Brasil, um pouco do lugar de pessoas hospitaleiras, batalhadoras e que mantém as tradições e lutam para que sua história viva no imaginário popular. Parabéns Mazagão Velho por seus 243 anos de existência!

 

 

Alex João Costa Gomes - Bacharel e Licenciado em História (UNIFAP 2001); Policial Militar e ex-Diretor-Presidente do DETRAN-AP


Comente:

Nenhum comentário foi encontrado.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!