Podemos construir um mundo melhor, isso só depende de cada um de nós.


Mariléia Maciel – A vida é feita de ciclos

 

Posso dizer que nas últimas 365 vezes que a terra deu a volta no sol foram os dias em que mais aprendi nestas quatro décadas que estou neste mundo. A palavra mais forte foi dor e mais perto foi tristeza, pela perda do meu pai. Mas também foi o ano em que completei os tão esperados 4.0, que vi meus filhos maduros me amparando e mostrando que assimilaram tudo de bom que foi ensinado, que me vi no olho do furacão ao ter que conter a dor pra ser o ombro da minha mãe até na hora de dormir, e finalmente, foi o ano em que meu profissionalismo foi colocado em teste. Estas experiências completaram este ciclo.

Assessorar o chefe de estado foi algo que aconteceu em minha vida. Nunca pedi, nem negociei o cargo, atendi a um convite da Luciana Capiberibe, que foi a pessoa que me trouxe de volta para prestar serviço ao PSB ainda na campanha de 2010. No ano seguinte já estava no gabinete do governador Camilo, como todos os que assumiam, aprendendo ou reaprendo a lidar com o dia-a-dia do local de onde são tomadas as decisões mais importantes do estado. E em 2012, com o quebra-cabeça governamental encaixado, as equipes afinadas, foi possível fazer um trabalho mais cadenciado e com menos atropelos.

Foi uma via de mão-dupla onde coloquei minha experiência, dedicação, fidelidade e compromisso a serviço do estado, mas que me trouxe coisas que servirão para toda minha vida.
Trabalhar em um gabinete do governador exige mais do que profissionalismo, nos obriga a abrir mão da vida familiar, das farras intermináveis, dos finais de semana à toa, e tudo isso foi essencial pra eu crescer profissional e pessoalmente. Temos que exercitar a paciência, saber engolir sapos, sermos discretos e se relacionar bem com todos, afinal, os serviços estão entrelaçados e precisamos sempre um do outro.

Venho de uma trajetória profissional de redação de jornais, produção, assessoria imprensa de secretários, prefeito, vereadores, deputados, empresas, eventos e quantos serviços colocaram em minhas mãos, mas nada se compara a experiência destes últimos dois anos. Sempre fui dedicada ao trabalho, nunca fui dispensada por irresponsabilidade ou incompetência, ao contrário, na maioria das vezes pude escolher os locais e pessoas com quem trabalhei e não decepcionei. Isso garantiu respeito e respaldo à minha pessoa. Quando os ciclos acabam, deixo amigos, portas abertas e me agrada a certeza que fiz o que pude para dar certo.

Quando 2013 chegar, começa mais um ciclo em minha vida. Aceitei o convite para coordenar a comunicação do prefeito de Macapá, Clécio Luis. É uma missão de bastante responsabilidade e que vai exigir muito de minha parte, mas aceitei o desafio e passo para uma nova fase, onde vou trabalhar com a mesma humildade, simplicidade, dedicação, profissionalismo, e muita ânsia pra colocar em prática alguns sonhos que estavam adormecidos, esperando para serem despertados. O convite foi irrecusável para enriquecer meu currículo e conhecimento.

Saio da mesma maneira que entrei, de cabeça erguida, e com a certeza de dever cumprido. Quero continuar a parceria com esta gestão que começa a deslanchar e sobre a qual, tive a honra de contar sua história inicial, mas que sua continuação estará nas mãos de outros profissionais. Fiz muitos amigos, no gabinete e nos órgãos, todos com lugar garantido no meu coração. Quero agradecer o apoio que sempre tive, e reconhecer que nenhum gestor me desrespeitou, sempre pude contar com todos, assim como seus assessores e técnicos. Fui feliz neste governo, esta é uma certeza que tenho na vida.

Agradeço em especial a Luciana Capiberibe, que, mesmo sem termos contatos diários nos anos em que nos conhecemos, sempre me respeitou e valorizou. Também um agradecimento mais que especial ao casal Camilo e Cláudia Capiberibe, pela confiança que depositaram em mim, a eles serei eternamente grata e afirmo que podem sempre contar comigo. Agradecer a todos do Palácio do Setentrião, pela força e apoio para que meu trabalho pudesse ser desempenhado, neste rol, o Kelson, Délcio, Bete, Ruth, Cleane, Alana, dona Ivone, Suely, Suiane, Lohany, Fanny, Wendel, tenentes Santos, Vinícius, Isaias, Costa, Solange, todos os garçons, profissionais da copa, seguranças, Casa Militar, protocolo, e, claro, à minha equipe, Eduardo, Márcia, Marcelo, Elton, Vitório, Max e Elizete. E ainda aos amigos da Secom, que me aturaram nestes meses, mas foi para o bem da nação, e aos que me fogem da memória neste momento. Todos foram importantes para meu desempenho e evolução, com vocês eu ri, chorei (de verdade), desabafei, reclamei e exercitei sentimentos profundos. Exatamente todos estes, até os que não nominei, me socorreram emocionalmente quando perdi meu pai, por isso estarão para sempre em minha vida.

Obrigada a todos, espero ser compreendida e manter a amizade eternamente. Desejo muita sorte e felicidades, volto a afirmar que podem contar comigo sempre que precisarem, levo as melhores recordações e aprendizado. Vão deixar de me ver atarantada pelos corredores do Palácio e rindo desmedidamente, mas não vamos perder contato. Quero receber boas notícias de vocês e também retribuir com trabalho o que aprendi.

Um ótimo 2013, que venha com poucas dores e mais amores para todos!


Comente:

Nenhum comentário foi encontrado.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!