Podemos construir um mundo melhor, isso só depende de cada um de nós.


Atenção Corrêa!

Atenção Corrêa!
Tem gente que é a contradição em pessoa! Tem gente que jura gostar, muito, de Macapá! Tem gente que se julga, senhor dos outros! Por fim, tem gente que só faz lambança...

O personagem que utilizarei para ilustrar meu pensamento é merecedor do mais profundo respeito, mas, espero, compreenda o meu descordar, articulado diante de algumas posições que se distanciam do excelente profissional que sempre... foi. Falo do senhor Antônio Corrêa Neto, jornalista e proprietário de um dos sites mais acessados do Amapá.

Esse nobre jornalista, resolveu estabelecer o debate acerca da parceria entre o GEA e a PMM, importante debate por sinal, desde que realizado distante de artifícios puerís, programados para confundir o munícipe de Macapá e estabelecer uma falsa polêmica na relação entre o Governador Camilo Capiberibe e o Prefeito Clécio Luis. Sem necessidade, concordam? Depois acusou o Governador de ter dito no privado, algo que não confirma no público e mais, sustentou que o seu jornalismo não é feito pautado em "fofocas", mas não consegue comprovar a acusação feita ao Governador, isso já é contradição, aguçada ainda mais, quando nos atentamos ao cerne do debate, que é PARCERIA, mas o jornalista parece ser movido pro outro interesse, o da confusão, de entendimentos e política, um verdadeiro sabotador do momento de equilíbrio político vivido pelo AP. Pessoas assim, juram que amam Macapá, mas querem vê o caos estabelecido.

O Senador Sarney parece ter feito escola por aqui, pois essa turma que joga com a desinformação, me remete ao sofrimento imposto ao povo do Maranhão, pelo clã Sarney, cujo método é fundado na incapacidade de discernimento. Aqui não! O senhor não possui esse direito, justamente pela sua trajetória profissional, isso não é justo! Cada um assume suas responsabilidades. O prefeito Clécio sabe disso e quero acreditar, que tanto ele, como o Senador Randolfe não comungam com essa prática rasteira. Sabemos do seu interesse na gestão primária do PSOL, mas cuidado com esse pragmatismo, pois nem sempre os fins, justificam os meios.

Por fim, quero lembrar todo o povo do AP de uma questão importante. O caos na prefeitura de Macapá, foi deixado pelo mesmo grupo que desmontou a estrutura política e social do Governo. De 2011 pra cá, o Gov Camilo enfrentou poucas e boas, junto a AL, no Gov Federal, piquete dos Professores, votação do orçamento, etc. Enquanto isso, o jornalista em voga ficou calado e as estrelas do PSOL "independentes" posicão de neutralidade junto aos governos Federal e Estadual, contrariando todos os clássicos da Ciência Política.
É a curva do anzol...

Aquele que se diz senhor dos outros, não passa de escravo da sua própria ignorância!
 
 
Por Caio Isacksson - Sociólogo e Professor

Comente:

Nenhum comentário foi encontrado.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!