Podemos construir um mundo melhor, isso só depende de cada um de nós.


Assuntos de Polícia com Fabrício Picanço

25/11/2013 19:53

Revista no Iapen

 

Na última sexta-feira, 22/11, no Pavilhão F3 no Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), fizeram uma revista e encontraram naquela casa penal várias armas brancas e produtos supostamente entorpecente. O objeto da denúncia seria dinamite. A informação feita para a justiça registrava que naquele pavilhão era guardado os explosivos, mas nada foi encontrado em realação a este. Nenhum preso assumiu ser o dono dos objetos apreendidos na revista. E no domingo pela noite utilizando a famosa "Tereza" (são vários lençois amarrados entre si, servindo de corda para os detentos descerem escalando o muro) O Elizeu da Silva Pena fugiu e até o fechamento dessa matéria não tinha sido recaptura.

 

Foto João Frota

 

Roubo 

 

Fato ocorreu em uma lanchonete na Eliezer Levy, centro, quando o funcionário do estabelecimento manuseave seu telefone celular, no sábado por volta de 23h15min a vítima estava de costas pra rua quando derrepente apareceu o assaltante com uma faca em punho exigindo o celular da vítima e assim foi feito. Logo após o roubo o vagabundo fugiu. O circuito de câmeras registrou a ação do bandido que foi identificado pela polícia sendo o Lucas Pelaes Moraes, 18, o Téo. A polícia informou que o acusado reside no Residencial Mucajá, no bairro Beirol, ele fugiu após cometer o crime. A polícia foi acionada mas não houve prisão. Os canas orientam as pessoas não ficarem manuseando seu celular, que na maioria hoje são modernos, em lugares que ofereçam riscos principalmente de costas pra rua como estava a vítima. 

 

Fuga no Centro de Custódia do Novo Horizonte

 

Era por volta de 09h30min do dia 25/11, que foi registrada a fuga de presos daquela casa de detenção, os nacionais Kleber Fortunato Valente, Claúdio Fortunato Valente e o Anderson da Silva Frazão, vulgo payacan. Segundo informações da polícia eles cavaram um túnel do lado que dá acesso a praça daquele bairro e fugiram, e até o fechamento desta matéria não foram recapturados. O diretor do Iapen, Nixon Kennedy assim que soube do ocorrido se deslocou com sua equipe para aquela instituição, realizou uma reunião e após, determinou que a corregedoria do Instituto investigasse o caso, no sentido de responsabilzar os envolvidos nessa questão. 

 

Imagens dos foragidos: 

 

Fotos Fabrício Picanço

 

 

Afogamento

 

Este fato ocorreu em um sítio próximo ao município de Cutias do Araguary, quando a sociedade encontrou a deriva já cadáver buiando nas águas do rio daquela cidade o corpo do Lucival Chermonte Bahia, 30, provavelmente foi mas um daqueles caso em que a pessoa sai pra tomar um banho de rio e acaba desaparecendo. A politec procedeu na remoção do corpo da vítima. 

 

 

Por Fabricio Picanço

—————

Voltar


Tópico: Comente

Nenhum comentário foi encontrado.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!