Podemos construir um mundo melhor, isso só depende de cada um de nós.


As coisas consideradas sem ênfase

22/01/2014 19:58

“Vomitar esse tédio sobre a cidade.
Quarenta anos e nenhum problema resolvido, sequer colocado.
Nenhuma carta escrita nem recebida.
Todos os homens voltam para casa.
Estão menos livres, mas levam jornais e soletram o mundo, sabendo que o perdem.”

 

O que é este trecho de “ A flor e a Náusea”, poema de Drummond, senão o relato fiel da cidade em que vivemos ou, ainda, a retratação serena do cotidiano? Caminhando pelas ruas de Santana em direção ao chá da tarde, observo a dinâmica das pessoas e o desenrolar do fim de um dia de quarta-feira. Não tenho a singularidade das mãos e dos olhos de Carlos, mas vejo o sol já se despedindo e pessoas caminhando com serenidade, rumo ao trabalho, à reza ou a caminho de casa. Os carros, que disputam o pouco asfalto trafegável com motociclistas e pedestres, trafegam adiante, atravessando esquinas, ruas e avenidas, sem maiores conturbações: seguem a rotina, às vezes brevemente interrompida por uma incasualidade, mas quase sempre reta e inconfundível.

Vejo, ao longe, jovens a caminho da escola. Certamente vivem e sonham muito além do que minha vã filosofia pode imaginar. Mas, os faltam oportunidade, incentivo e acesso à cultura, e talvez eles saibam que, ao soletrar o mundo, também o perdem, como nos versos do poeta. Estão a caminho da escola e, na mochila, um pouco da história de cada um. Logo ali, à sombra de uma mangueira, um grupo de senhores - entre quatro ou cinco -, jogam baralho e perdem as horas. Nas cartas e no diálogo infindo, encontram o sentido da própria vida e a vivem sem grandes pretensões.

E assim se fazem histórias. E, daqui, estarei a povoar este espaço, por generoso convite do amigo João Gomes, para escrever um pouco sobre nossa cultura tucujú, que também aflora na rotina, nas coisas consideradas sem ênfase.

Sou Leonardo Braga, 18, estudante e amante de poesia.

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!